BID Lab aporta R$ 4,4 milhões em inovação no IdeiaGov

BID Lab aporta R$ 4,4 milhões em inovação no IdeiaGov

RECURSO SERÁ USADO PARA APOIAR SOLUÇÕES INOVADORAS NO AUXÍLIO AO ATENDIMENTO, PREVENÇÃO E DETECÇÃO DA COVID-19 E OUTRAS QUESTÕES RELACIONADAS À SAÚDE NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA USP. ALÉM DISSO, O APORTE IRÁ IMPULSIONAR A EXPANSÃO DO USO DESSAS INICIATIVAS NO MERCADO NACIONAL E NO EXTERIOR.

O BID Lab, braço de inovação do Banco Interamericano de Desenvolvimento, e o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP assinaram contrato para o aporte de US$ 870 mil, o equivalente a R$ 4,4 milhões, para financiar a pilotagem e internacionalização de soluções inovadoras selecionadas por meio do Programa IdeiaGov, Hub de Inovação que traz soluções de mercado e da sociedade para desafios do Governo do Estado de São Paulo. Os recursos serão utilizados para implementar soluções no InovaHC, núcleo de inovação do Hospital das Clínicas, que mapeou, em conjunto com o IdeiaGov os desafios para os quais as soluções são direcionadas.

Com essa doação do BID, serão apoiados pelo menos dez projetos que buscam solucionar problemas de saúde pública originados do enfrentamento à pandemia da COVID-19, mas que terão aplicações em diversas outras áreas. Entre elas, existem ferramentas para usar inteligência artificial no diagnóstico de COVID-19 e outras doenças por imagens de raio-x e tomografia, aplicações de Internet das Coisas para equipamentos de UTI e digitalização da jornada do paciente no hospital. As propostas foram apresentadas por startups, consórcios de empresas, instituições científicas e tecnológicas ao longo de oito editais abertos no programa IdeiaGov. O Hub de Inovação do Governo do Estado de São Paulo conta com diversos parceiros, incluindo o BID.

“A pandemia ainda não acabou e precisamos nos manter vigilantes e atuantes. Por isso, consideramos essa parceria com o HC de SP e com o governo paulista tão relevante. Com o ecossistema de pesquisa e inovação mais robusto da região, o Brasil é capaz de prover soluções para problemas que afligem não só o território nacional, mas o mundo, e é preciso estimular esse potencial criativo”, diz Morgan Doyle, representante do BID no Brasil.

“Este aporte é essencial para o desenvolvimento da ciência e tecnologia e um passo fundamental para o Governo na revolução digital na saúde. O recurso irá ajudar a impulsionar soluções inovadoras, principalmente, neste período difícil em que estamos vivendo de combate à pandemia. O IdeiaGov é hub de Inovação essencial, que busca resolver os desafios da administração pública adotando soluções inovadoras propostas por startups e pesquisadores”, afirma Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico.

Liderado pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico, de Governo e a Procuradoria-Geral do Estado de São Paulo, o IdeiaGov é operado pelo Impact Hub, organização brasileira conectada a uma rede global de empreendedores com o propósito de desenvolver soluções e negócios de transformação. “A parceria com o BID alavanca ainda mais o potencial dessa iniciativa que já conta com diversos parceiros, a liderança do Governo do Estado de São Paulo e a gestão do Impact Hub”, explica Henrique Bussacos, sócio-fundador do Impact Hub.

 Para o presidente do Conselho Diretor do Instituto de Radiologia e da Comissão de Inovação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP), Giovanni Guido Cerri, ter o apoio do BID na identificação de novas ferramentas tecnológicas para combater e reduzir os impactos do coronavírus na saúde da população é muito significante. “Trata-se não só de um reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido no InovaHC,  ficará como legado para a medicina no Brasil. O apoio do BID ao nosso trabalho de inovação, e na busca de startups, é um reflexo da solidez do trabalho que tem sido feito durante a pandemia e no futuro da saúde”, afirma Giovanni Guido Cerri.  

PRÓXIMOS PASSOS

Agora, os preponentes selecionados terão acompanhamento metodológico por parte da equipe do BID Lab, braço de Inovação do BID, e serão guiados para que as soluções amadureçam, sejam testadas, aperfeiçoadas e possam ser lançadas nos mercados nacional e internacional.

Os recursos do BID e do Governo de São Paulo vão viabilizar itens como prototipagem e compra de insumos para esses desenvolvimentos.

Durante o processo, os participantes também desenvolvem projetos piloto, ganhando acesso às instalações de ponta do Hospital das Clínicas de São Paulo, aos pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP e de outros órgãos vinculados ao governo paulista.

Os desafios são lançados por meio de editais divulgados no site do IdeiaGov, onde as empresas interessadas se inscrevem e passam por um processo seletivo que analisa aspectos tecnológicos, operacionais e de mercado das soluções propostas.

Compartilhe:

Outros posts:

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Execução:
Realização: