Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Diagnóstico de defasagem na aprendizagem

Diagnóstico de defasagem na aprendizagem
  • Educação de Qualidade

Como analisar os dados de avaliação estudantil e diagnosticar a defasagem de aprendizagem para que professores e gestores criem estratégias para  auxiliar os estudantes em suas dificuldades?


A SEDUC (Secretaria Estadual de Educação), por meio do CIEBP (Centro de Inovação da Educação Básica Paulista), está buscando soluções para melhor analisar os dados de avaliação e defasagem de aprendizagem dos estudantes, a fim de auxiliar gestores e docentes na tomada de decisão e no planejamento de estratégias que mitiguem as dificuldades de aprendizagem dos estudantes.

A rede estadual de ensino paulista possui mais de 5 mil escolas, 250 mil profissionais da educação e 3,5 milhões de estudantes. Os principais indicadores (INEP) apontam para um cenário favorável em aprovação para os anos iniciais e finais, com uma considerável queda no Ensino Médio. No entanto, no ano de 2020, as taxas de reprovação contabilizaram 38.674 alunos reprovados e 12.093 abandonaram a escola na rede estadual. São mais de 50 mil estudantes que encontraram dificuldades em progredir em sua jornada estudantil.

Objetivo

Este edital tem como principal objetivo encontrar soluções tecnológicas que auxiliem na avaliação estudantil e contribuam para manter a curva de crescimento da qualidade e aproveitamento do ensino ofertado pelo Estado de SP. Espera-se, também, que novas maneiras de mapear e analisar dados de avaliação de desempenho possam contribuir com a diminuição do número de reprovações, combate à evasão escolar e melhor compreensão sobre estes cenários.
A solução deve ser capaz de coletar e disponibilizar informações em “dashboards” (ferramenta de gerenciamento de informações que permite acompanhar visualmente, analisar e exibir indicadores), por exemplo, para:
  1. Auxiliar as escolas em sua análise;  
  2. Perceber, de maneira rápida e prática, quais lacunas foram deixadas nos anos anteriores e aprimorar conhecimentos adquiridos recentemente;
  3. Trabalhar nas turmas as questões relacionadas aos conteúdos que apresentam tais dificuldades; 
  4. Ofertar aos alunos um ensino personalizado, por meio da elaboração de estratégias que ajam pontualmente no problema de aprendizagem;
  5. Otimizar o tempo dos professores; 
  6. Ajudar na própria preparação dos professores para as aulas, identificando o que os estudantes não conseguem entender tão bem, para pensar em estratégias pedagógicas voltadas ao ensino do conteúdo da maneira mais clara possível.

Os números precisam ser compreensíveis pedagogicamente e acessíveis para a equipe escolar.

Benefícios

As propostas selecionadas nesta chamada pública poderão ter acesso aos seguintes benefícios:

1. Conteúdos sobre inovação e governo: oferecimento de imersão, mentorias, capacitação e de formações para as selecionadas, com o objetivo de ampliar a capacidade dos participantes de desenvolver seus negócios e suas soluções para implementação na Administração Pública.

2. Acesso às equipes técnicas da SEDUC e parceiros para orientação, apoio na execução de provas de conceito e/ou testes pilotos, além de troca de informações técnicas;

3. Direcionamento a outras Instituições Científicas, Tecnológicas e de Inovação (“ICTs”) sediadas no Estado de São Paulo para realização de testes, casos de uso e projetos-piloto; 

4. Aplicação da solução em ambientes de uso controlado e/ou real para testagem e validação, tanto tecnológica como mercadológica;

5. Conexão com potenciais fornecedores e parceiros para o escalonamento da implementação em escala da solução apresentada; 

6. Conexão entre os proponentes dos projetos selecionados com investidores-anjo e fundos de venture capital, bem como fontes de financiamento público e privado de PD&I;

7. Acesso a conteúdos e eventual apoio para internacionalização, de acordo com o potencial da proponente;

8. Exposição e publicidade dos projetos implementados, contendo menção informativa à sua utilização pelo Estado de São Paulo;

9. Possibilidade de fornecimento de Atestado de Capacidade Técnica;

10. Residência no Espaço IdeiaGov, localizado na Avenida Escola Politécnica, n. 82 – Jaguaré, São Paulo – SP, 05350-000, pelo período de 06 (seis) meses, contados a partir da data da seleção da empresa no programa (a depender das regras sanitárias vigentes e abertura do espaço);

11. Possibilidade de inclusão da solução no Guia de Recursos Educacionais Digitais da SEDUC. 

Compartilhe este desafio:

Outros desafios:

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Governo do Estado de SP