Mindify

Segmento: Healthtech
Desafios: Ofertas tecnológicas para o enfrentamento da covid-19 e Solicitação de exames baseada em dados do paciente
Tecnologia: Software

Site: www.mindify.net
Telefone: (62) 3924-6030
E-mail: ajuda@mindify.net
Redes sociais: Linkedin | Twitter  | Instagram | FacebookYoutube
Endereço: Av. Pedro Paulo de Souza, 691, Qd. HC-02, Lt. 02, Gyntec Hub de Inovação, Sala 2, Setor Goiânia 2, Goiânia – Goiás – Brasil, CEP 74.663-520

Fundada em 2007 a Requisito Tecnologia LTDA automatizou protocolos de atendimento para 3 mil academias e clínicas de nutrição. Porém, em 2017 a empresa “pivotou” para área médica passando a se chamar Mindify. O aprendizado foi reaproveitado, porém a tecnologia foi reconstruída para aderir às reais necessidades das clínicas, hospitais e operadoras que buscam coordenar o cuidado nas suas operações. 

André Ramos é o CEO da Mindify e é mestre em Engenharia Biomédica pela UNICAMP. Participou de mais de 20 projetos de inovação premiados, dentre eles estão prêmios da Bayer, J&J, Roche e Plug and Play Japão.

 

Daniel Lucena é Pesquisador da Mindify e é doutor em IA pela UFG. Experiente gestor de equipes de TI e há mais de 10 anos faz pesquisas aplicadas em matemática computacional / IA.

 

“Ajudar o Brasil a se tornar uma das referências em Saúde e por consequência promover o desenvolvimento socioeconômico do brasileiro. A saúde é determinante o sucesso de qualquer pessoa”.  André Ramos

Problema a sua solução pretende resolver: Os custos da saúde crescem muito acima da inflação geral e assim cada vez menos pessoas têm acesso a serviços de Saúde de qualidade, uma catástrofe humanitária em curso. A causa é a inviabilidade das ferramentas atuais em ajudar os serviços de saúde a coordenarem o cuidado, sem isto é impossível equilibrar qualidade e custos assistenciais. Os poucos serviços que conseguem níveis medianos desta coordenação figuram dentre os melhores e mais lucrativos obtendo ganhos de custo-efetividade de pelo menos 40% em procedimentos chave. Softwares para a saúde já existem há décadas porém eles têm falhado em ajudar a saúde a coordenar o cuidado. As margens dos serviços de saúde têm crescido menos que os custo e neste cenário não há outro caminho senão onerar a população que em 2019 pagou por uma inflação médica de 17%, o dobro da média mundial. Esse ciclo vicioso precisa e pode ser quebrado com inovações e por isso criamos a Mindify.

Área atendida: Saúde

Público-alvo da solução: Secretarias de Saúde, hospitais públicos e privados e operadoras de Saúde

Benefícios da solução: Profissionais da Saúde ganham tempo e acesso simplificado a automações compatíveis com as competências dos melhores especialistas de várias áreas da Medicina, enquanto gestores conseguem coordenar o cuidado em larga escala e obter melhorias nas margens financeiras dos seus serviços de Saúde por meio da Medicina Baseada em Valor (VBHC). Os usuários foco são as equipes assistenciais, porém os pacientes são usuários secundários que por sua vez geram dados e interagem com automações ou até com a equipe assistencial. A percepção de acolhimento aumenta assim como aumenta os resultados práticos pela maior assertividade das prescrições e maior aderência aos tratamentos. 

Do ponto de vista de Tecnologia da Informação (TI) o valor diferenciado da Mindify é simplificar, estruturar e qualificar a coleta de dados clínicos, dados esses que viabilizam a sugestão de hipóteses e de condutas, assim como a automação de toda jornada do paciente. Nesta linha a Mindify já fez projetos de automação de jornada de dezenas de patologias tais como Tromboembolismo Venoso, Insuficiência Cardíaca, Acidente Vascular Cerebral, Câncer de Próstata e Covid. Detalhando o caso do Covid, que se replica para jornadas de quaisquer outras patologias, a Mindify tem serviços de autoatendimento para avaliação de sintomas, para telemonitoramento via SMS, para pré-atendimento de pronto-socorro, de triagem hospitalar, de diagnóstico médico, de tratamento em UTI e até de orientação e monitoramento pós-alta de pacientes (PROMS – Patient Reported Outcome Measures). Destaca-se ainda que em toda esta jornada a total interoperabilidade de dados e, acima de tudo, processos padronizados e automações capazes de validar os dados em tempo real. Na prática as ações dentro do hospital criam uma agenda complementar de ações para o paciente e para a equipe assistencial coordenada por um sofisticado serviço de gestão de notificações.

A “mágica” da Mindify é o uso de Inteligência Artificial (IA) para, em tempo real, renderizar (construir) formulários para a coleta de dados clínicos. A IA também apoia a tomada de decisão e automatiza burocracias assistenciais, tais como prescrições, altas, orientações aos pacientes e referenciamentos. A Mindify se adapta às necessidades do mundo real reduzindo em até 40% a burocracia, apoiando a tomada de decisões e então engajando as equipes assistenciais como nenhum outro PEP. 

Custo estimado da solução: R$ 200.000,00

Com a estratégia de transformação digital do Hospital das Clínicas, especialmente no contexto da Covid-19, foi lançada a Chamada Pública CCTI/SDE nº /2020 que apresentou o desafio “Como podemos apoiar os médicos a solicitar o melhor exame de imagem baseados em dados do paciente?”, através de uma experiência humanizada e centralizada nas necessidades do paciente, com o aumento da eficiência de processos e gerando economia de recursos públicos. 

A sobrecarga dos sistemas de saúdes locais e a necessidade de dar vazão aos exames e atendimentos que acabaram ficando represados da área de Diagnóstico por Imagem do HCFMUSP levaram à oportunidade de execução do projeto piloto na área da clínica de Urologia do Instituto Central do Hospital das Clínicas (ICHC), com o intuito de apoiar as equipes médicas que solicitam o pedido de exames dentro das clínicas médicas do Instituto. 

A empresa Mindify (Requisito Tecnologia LTDA.) foi selecionada para execução do projeto no Instituto de Radiologia, com uma solução de automação de solicitação de exames que consistia em minimizar a precariedade dos dados clínicos estruturados oferecendo formulários otimizados para a coleta de dados clínicos estruturados e para apoio à tomada de decisão com auxílio de Inteligência Artificial. 

A solução Mindify realiza a integração com os Prontuários Eletrônicos do Paciente (PEP) dos hospitais e clínicas para os complementar com formulários verdadeiramente fáceis, autoexplicativos e capazes de apoiar a tomada de decisão. Deste modo, profissionais de saúde generalistas ganham tempo e acesso simplificado a competências antes restritas aos melhores especialistas, enquanto gestores conseguem coordenar o cuidado em larga escala e obter melhorias nas margens financeiras dos seus serviços de Saúde.

Tudo isso é possível pois, ao contrário dos PEP, a Mindify engaja e orienta as equipes assistenciais de forma que os dados clínicos resultantes do seu dia a dia tornam-se devidamente estruturados, validados e mais completos. Dados neste formato viabilizam serviços como automação de burocracias e de supervisão de equipes, assim como viabilizam indicadores e até novos e mais baratos modelos de Inteligência Artificial necessários para a nova era da Saúde digital.

Para o escopo do presente projeto, foi avaliado um universo de cinco tipos de exames:

  1. USG RINS VIAS URINÁRIAS;
  2. TC ABDOME SUP;
  3. TC PELVE;
  4. USG PROSTATA;
  5. USG ABDOME TOTAL.

O objetivo foi auxiliar a equipe médica a pedir exames pertinentes baseados nas particularidades do paciente, considerando os dados clínicos apontados na solicitação do exame. Além disso, o projeto também buscou apoiar a equipe médica na tomada de decisões relacionadas à classificação de urgência das solicitações de exames, com o objetivo de melhorar o processo de priorização da agenda de exames do Instituto de Radiologia, além de reduzir a sobrecarga sobre o Instituto de Radiologia por meio da organização da lista de solicitações de exames usando critérios de priorização baseados nas necessidades clínicas dos pacientes. 

Com isso, foi esperado uma melhora do desfecho clínico e da racionalidade dos processos de solicitação de exames, garantindo a eficiência e evitando desperdícios desnecessários. O escopo especificado foi executado por meio de um processo “Iterativo e Incremental” onde as entregas foram realizadas em partes menores, porém, funcionais e demandantes de testes.

O processo Iterativo e Incremental teve ciclos quinzenais formalizados por reuniões da Mindify e/ou por aceites formais via comunicação eletrônica ou diretamente na ferramenta de gestão de projetos da Mindify. Utilizando o método descrito, foram construídos formulários interativos capazes de auxiliar a equipe assistencial a tomar a decisão de qual o exame de imagem correto para as três situações citadas a seguir: 

  1. Suspeita / acompanhamento de nefrolitíase;
  2. Suspeita / acompanhamento de hiperplasia prostática benigna;
  3. Investigação inicial de hematúria.

A Mindify gerou formulários para auxiliar na coleta de dados e para apoiar a tomada de decisão clínica. Foi uma criação personalizada onde o HCFMUSP definiu as regras que por sua vez foram parametrizadas na Mindify. 

O processo começou com o especialista do HCFMUSP enviando as regras dos protocolos que compõem o objeto, depois o time da Mindify converteu estas informações em software e este software foi publicado para os usuários indicados pelo próprio HCFMUSP. 

O piloto em questão provou ser possível simplificar e padronizar o processo de prescrição de exames impactando em termos de coordenação no cuidado, isto é, a corretude das sugestões de indicações ou contra indicações de exames.

Foi constituída uma Comissão de Avaliação com representantes do InRad, do InLab e da Urologia, que avaliaram as soluções e preencheram formulário de avaliação com rubricas, critérios de avaliação relacionados ao edital de chamada pública e indicadores. A prova de conceito avaliou a solução de sistema de informação de solicitação de exames baseado em dados proposta pela empresa Mindify, confrontando suas funcionalidades com os requisitos especificados em edital.

Diante do exposto, a solução foi considerada bem sucedida na fase de prova de conceito por atender aos critérios de avaliação e requisitos técnicos de forma satisfatória, conforme previsto no edital. Com ressalva ao método de IA adotado, ou seja, árvore de decisão, que, aplicado ao caso concreto, demanda esforço por parte de recursos humanos médicos para uma implementação em grande escala. Ante a avaliação bem sucedida da empresa, a equipe técnica e clínica do Hospital das Clínicas recomendou o seguimento para a próxima fase do projeto via IdeiaGov, com o encaminhamento de celebração de acordo de PD&I junto ao HC.

  • Junto ao inCor do HCFMSUP automatizamos protocolos de pesquisa clínica com COVID-19 trazendo ganhos de tempo e qualidade na pesquisa em comparação com o uso de uma solução líder de mercado previamente usada.
  • Junto ao inRAd do HCFMSUP automatizamos protocolos de sugestão de exames de imagem para otimizar os processos de solicitação de exames.

A Mindify já participou de programas de aceleração como: CEI-UFG, Eretz.bio, Startups Connected da AHK e IdeiaGov

Prêmios e reconhecimentos recebidos:

 

 

8676
Apoio:
Execução:
Realização: