Otawa Health

Segmento: Healthtech
Desafio: Uso de Inteligência Artificial em exames de imagem
Tecnologia: Plataforma de Inteligência Artificial de identificação de portadores de patologias pulmonares graves que utiliza algoritmos de inteligência artificial para apoiar o diagnóstico do Covid-19, apresentando o grau de lesão pulmonar e ajudando os médicos a priorizar quem precisa do tratamento mais urgente e decidir sobre os protocolos a serem seguidos.

Site: Otawa.net
Telefone: (11) 98284-4455
E-mail: paulo.fernando@otawa.net
Site: Linkedin
Endereço: Rua Maestro Elias Lobo 415 – CEP 01430-000, São Paulo, SP

OTAWA Health é uma heathtech criada em dezembro de 2019 através de um spin out no departamento de tecnologia do Centro de Combate ao Câncer, umas das mais respeitadas clínicas de tratamento oncológico do Brasil.

A OTAWA Health tem como principal produto o OTWonco, um Electronic Health Record / Clinical Decision System 100% centralizado no cuidado assistencial do paciente oncológico. Ao longo de mais de 10 anos, é usado diariamente por mais de 100 profissionais especializados em oncologia, já tendo gerenciado o tratamento de mais de 30.000 pacientes, 170.000 consultas, 120.000 quimioterapias, 32.000 visitas hospitalares e mais de R$500 milhões em procedimentos de saúde.

Em 2020, frente à pandemia global de COVID19, a OTAWA Health decidiu investir esforços em uma ação filantrópica e criar uma rede neural para detectar padrões visuais para a presença do vírus SarsCov-2 em imagens de radiografias de pulmão. Em Junho de 2021, essa plataforma de Inteligência Artificial foi selecionada vencedora do desafio “Uso de inteligência artificial em exames de imagem” lançado pelo IdeiaGov e pelo InovaHC, hub de inovação do Hospital das Clínicas da FMUSP.

Médico Oncologista clínico, fundador do Centro de Combate ao Câncer

Dr. Cristiano Fernandes,
Médico Hematologista

 

Dr. Marcelo Paiva
Médico Clínico Geral e Cardiologista

 

Rony Vernet
Ciência da Computação, especialista em Inteligência Artificial

 

Klaus Cruz
Ciência da Computação, especialista em Inteligência Artificial

 

Paulo Gusmão
Processamento de Dados, ex-CIO do Centro de Combate ao Câncer, cofundador da OTAWA Health

“Estou certo de que os dois projetos da OTAWA Health, o OTWonco e a plataforma de Inteligência Artificial para detecção de patologias do pulmão em Raios-X de tórax tem um enorme potencial para impactar uma boa parte da população. Não somente nas grandes cidades do Brasil, mas ainda mais importante, em regiões remotas e com pouco acesso à saúde de qualidade.” Paulo Gusmão

Tecnologia: Plataforma de Inteligência Artificial de identificação de portadores de patologias pulmonares graves

Utilizam algoritmos de inteligência artificial para apoiar o diagnóstico do Covid-19, apresentando o grau de lesão pulmonar e ajudando os médicos a priorizar quem precisa do tratamento mais urgente e decidir sobre os protocolos a serem seguidos. 

A OTAWA Health tem como principal produto o OTWonco, um Electronic Health Record / Clinical Decision System 100% centralizado no cuidado assistencial do paciente oncológico. Ao longo de mais de 10 anos, é usado diariamente por mais de 100 profissionais especializados em oncologia, já tendo gerenciado o tratamento de mais de 30.000 pacientes, 170.000 consultas, 120.000 quimioterapias, 32.000 visitas hospitalares e mais de R$500 milhões em procedimentos de saúde.

Modelo de venda: Software as a Service

Área atendida: Saúde

Público alvo da solução: Médicos e pacientes

Problema que busca resolver: Detecção de patologias de pulmão (covid-19, tuberculose, etc) em imagens de Raios-x de tórax através de algoritmos de Inteligência Artificial

Características de inovação e escalabilidade da sua solução: Rede neural criada especificamente para detectar padrões visuais de COVID-19 em imagens de raios-x de tórax tirados em equipamentos instalados em unidade de atendimento no Brasil. Plataforma 100% baseada em nuvem, usando servidores e serviços on-demand, escaláveis automaticamente em eventos de pico de consumo. 

Em que estágio se encontra a solução: Expansão e implantação.

Benefícios da solução: De acordo com a OMS, entre 80% e 90% dos diagnósticos podem ser realizados usando exames básicos de raio-X, tendo um importante papel de prevenção, diagnóstico e monitoramento. O equipamento de raio-X está presente na grande maioria das unidades de saúde no mundo, mesmo em regiões rurais afastadas das grandes cidades. No Brasil existem 10 equipamentos de raios-x para cada tomógrafo.

Ao mesmo tempo, mesmo países ricos enfrentam uma drástica redução no número de radiologistas para interpretação das imagens. Uma plataforma de Inteligência Artificial na nuvem pode ajudar a aliviar a pressão exercida pela falta de radiologistas disponíveis, especialmente em áreas remotas e em países em desenvolvimento. 

A combinação do uso de equipamentos de raio-x e um aplicativo móvel para coleta e análise das imagens radiográficas nos permite imaginar a possibilidade de diagnósticos mais acurados em áreas carentes, ermas ou com baixos recursos de médicos radiologistas, trazendo enormes benefícios para a população.

Custo estimado da solução:  R$1M em 12 meses para desenvolvimento; R$15 mil/mês para hospedagem na nuvem

A crise sanitária imposta pelo Covid-19 levou líderes políticos de todo o mundo a buscar respostas em projetos de inovação em governo. Em São Paulo não foi diferente. Diante da urgência, o Programa IdeiaGov e o Hospital das Clínicas da Universidade São Paulo direcionaram esforços para o atendimento de demandas relacionadas à pandemia, através da Chamada Pública CCT/SDE nº 3/2020, lançando o desafio: “Como o uso de algoritmos de inteligência artificial pode auxiliar médicos radiologistas no diagnósticos de Covid-19 através de imagem de tomografia computadorizada e raios-x de tórax?”

A empresa Otawa foi uma das selecionadas para testar sua solução, a plataforma AAIIA edição Covid-19, que foi criada para auxiliar médicos no processo de diagnóstico de pneumonia por Covid-19 usando inteligência artificial para a classificação de imagens de raio-x de tórax em pacientes com sintomas suspeitos para esta infecção. 

O principal objetivo do projeto foi desenvolver uma ferramenta para triagem de pacientes com sintomas característicos de Covid-19, para utilização dos profissionais de saúde nos ambientes de emergência dos hospitais.

Embora o raio-x de tórax não pudesse substituir o RT-PCR como método de diagnóstico, a detecção de possíveis padrões visuais nas radiografias de forma rápida pode ser utilizada para a triagem de pacientes e determinação de prioridades no fluxo assistencial do paciente, trazendo benefícios diretos tanto para os hospitais quanto para os pacientes. 

À época da pilotagem, a dificuldade da adoção dos testes do RT-PCR em larga escala, a escassez de testes no mundo, seus altos custos financeiros e dificuldades de processamento rápido destes testes pelos laboratórios, tornaram a imagem radiológica de grande auxílio na decisão diagnóstica e ao encaminhamento dado aos pacientes no sistema de saúde. 

Foi necessário fornecer ao algoritmo de inteligência artificial um grande número de imagens para treinamento e aprendizado para a melhoria da acurácia e confirmação da viabilidade técnica da detecção de padrões que indiquem a presença de Covid-19. Além disso, o projeto se completa ao desenvolvimento de um aplicativo móvel para que os médicos pudessem fotografar as imagens de raio-x de tórax e enviá-las para análise e classificação, de qualquer lugar que possua uma conexão à internet, seja através de redes wifi disponíveis nas unidades de saúde ou através de redes 3G de celulares.

A rede inicialmente utilizada no piloto foi treinada com as imagens fornecidas pelo Hospital das Clínicas, além da utilização de imagens de outros hospitais já existentes na base de dados do projeto. 

Antes do início do projeto-piloto também houve uma avaliação de desempenho da IA com imagens originais e as mesmas imagens obtidas por fotografia em negatoscópio. Após o início do piloto, a cada duas semanas foi realizada uma medição de performance da rede pela métrica PR-AUC e as imagens analisadas foram utilizadas em novo treinamento para refinamento da inteligência artificial.

O principal impacto da plataforma de Inteligência Artificial da OTAWA Health é a definição de um processo de triagem rápido com grande probabilidade de acerto na identificação de portadores de patologias pulmonares graves utilizando aparelhos de Raio-x, presentes na grande maioria dos hospitais, clínicas e postos de atendimento espalhados pelo Brasil e pelo mundo. 

Prover atendimento neste nível significa uma atenção imediata para os pacientes com o aumento do número de vidas salvas, menor desgaste e esforço de profissionais de saúde e o seu consequente aproveitamento em outras atividades mais prementes. O sucesso deste projeto implica em um menor e melhor aproveitamento dos postos de saúde, com consequente redução de custos em um setor tão vital para a população. 

A prova de conceito referente à chamada pública CCT/SDE nº 03/2020 ocorreu do mês de agosto/2020 a novembro/2020. O resultado da competição referente a esta chamada pública foi publicado no DOE do dia 15/08/2020 e a prova de conceito foi finalizada no dia 23/11/2020.

A solução de radiografia da Otawa Health performou acima das demais concorrentes nas métricas relacionadas ao algoritmo e de forma similar em métricas de performance da solução. Portanto, a equipe técnica e clínica do Hospital das Clínicas recomendou o seguimento para a próxima fase do projeto via IdeiaGov, no encaminhamento de celebração de acordo de PD&I junto ao HC.

8668
Apoio:
Execução:
Realização: